serviços O que posso oferecer

Um pouco sobre meu trabalho.

As terapias integrativas que formam a “caixa de ferramentas” da Dra. Simone Carvalho são utilizadas de maneira integrada e também individualizada, à depender da avaliação e das necessidades do paciente. Cada técnica tem sua própria filosofia, sua própria base de trabalho que permitem serem utilizadas de maneira individual e também combinadas à terapia de base escolhida para potencializar os resultados e promover o tratamento em saúde integral.

Ferramentas Terapêuticas

Tratamento manual que permite ao terapeuta determinar a origem de uma desordem, e dar estímulos necessários para organização do organismo.

Microfisioterapia

Tratamento manual que permite ao terapeuta determinar a origem de uma desordem, e dar estímulos necessários para organização do organismo.
Um método suave, minimamente invasivo, que influencia profundamente o funcionamento dos sistemas do corpo.

Terapia Craniosacral

Um método suave, minimamente invasivo, que influencia profundamente o funcionamento dos sistemas do corpo.
A leitura biológica traz uma nova visão sobre as doenças, por meio da observação dos sinais e sintomas levam à compreensão de um outro prisma.

Leitura Biológica

A leitura biológica traz uma nova visão sobre as doenças, por meio da observação dos sinais e sintomas levam à compreensão de um outro prisma.
Um método simples e direto para identificar e mudar crenças subconscientes autolimitantes, que perpetuam os velhos hábitos.

PSYCH-K®

Um método simples e direto para identificar e mudar crenças subconscientes autolimitantes, que perpetuam os velhos hábitos.
Extratos líquidos naturais que se destinam ao equilíbrio emocional, operando em níveis vibratórios sutis e harmonizando a pessoa no meio em que  vive.

Florais

Extratos líquidos naturais que se destinam ao equilíbrio emocional, operando em níveis vibratórios sutis e harmonizando a pessoa no meio em que vive.

Emmanuel Corbeel "Quando mudamos a percepção, mudamos o cérebro, que muda os órgãos (células)."

Microfisioterapia: O que é?

Microfisioterapia: O que é?

microfisioterapia
microfisioterapia
 É uma técnica de tratamento realizada manualmente que proporciona ao terapeuta determinar a origem de uma desordem, e dar estímulos necessários para organização do organismo. Costuma ser empregada também como prevenção a saúde.
Consiste em pesquisar no corpo paciente, as marcas, os rastros e as inscrições deixadas por infelicidades, dificuldades vividas pela pessoa e que não foram eliminadas pelo organismo. E não apenas vivências emocionais são mapeadas, mas também traumas físicos, intoxicações, informações da pré-concepção e do transgeracional.
Esses estudos se iniciaram há mais de trinta anos, na França. E teoria e prática são embasados em pesquisas científicas. Não se trata de um tratamento holístico, e sim da habilidade de detectar o ritmo vital de um tecido.
Usamos como base a escuta tecidual que se dá através do  Movimento Respiratório Primário (MRP). Quando o MRP está presente, o terapeuta não sente nenhuma restrição no decorrer do deslocamento das mãos, mas se o MRP estiver ausente ou modificado, ele percebe no decorrer desse movimento uma resistência que impede suas mão de deslizarem livremente. Chamamos esses gestos de micropalpação.
 É uma técnica de tratamento realizada manualmente que proporciona ao terapeuta determinar a origem de uma desordem, e dar estímulos necessários para organização do organismo. Costuma ser empregada também como prevenção a saúde.
Consiste em pesquisar no corpo paciente, as marcas, os rastros e as inscrições deixadas por infelicidades, dificuldades vividas pela pessoa e que não foram eliminadas pelo organismo. E não apenas vivências emocionais são mapeadas, mas também traumas físicos, intoxicações, informações da pré-concepção e do transgeracional.
Esses estudos se iniciaram há mais de trinta anos, na França. E teoria e prática são embasados em pesquisas científicas. Não se trata de um tratamento holístico, e sim da habilidade de detectar o ritmo vital de um tecido.
Usamos como base a escuta tecidual que se dá através do  Movimento Respiratório Primário (MRP). Quando o MRP está presente, o terapeuta não sente nenhuma restrição no decorrer do deslocamento das mãos, mas se o MRP estiver ausente ou modificado, ele percebe no decorrer desse movimento uma resistência que impede suas mão de deslizarem livremente. Chamamos esses gestos de micropalpação.

Como o processo de tratamento acontece?

Um organismo, como todo ser vivo, contém mecanismos reparadores adaptados a cada tipo de lesão: cicatrização, consolidação, fagocitose, imunidade, remissão, restabelecimento, esquecimento, resiliência, etc.
Esses mecanismos são desencadeados pelo reconhecimento da etiologia responsável. Se cada agressão deixa uma memória específica no organismo, a estimulação desta memória pode desencadear o mecanismo reparador correspondente.
O primeiro dado importante é que após os estímulos adequados, o organismo reage e realiza, ele mesmo, uma correção, já que a restrição de início desaparece.
Os resultados obtidos são variáveis, indo do desaparecimento completo do sintoma, até uma leve melhora.

Como é o atendimento?

A sessão dura em média 1h15 à 1h30. Após uma entrevista inicial, o paciente deita-se na maca para o atendimento.
o fisioterapeuta utiliza vários “mapas” para fazer um rastreamento no corpo do paciente, buscando tanto pelas causas da queixa que o paciente trouxe como quaisquer outras que possam ser encontradas, e ao passo que encontra estas informações, vai informando ao paciente e simultaneamente, estimulando estas restrições (causas não eliminadas) para que sejam liberadas pelo corpo, estimulando assim a auto cura.
Durante o atendimento, ainda podem ser utilizados outros métodos associados, como a Leitura Biológica por exemplo.
O intervalo entre as sessões deve ser, aproximadamente, de 30 a 60 dias. Depois da primeira sessão, o fisioterapeuta sugere o intervalo até a próxima sessão ou deixa à critério do paciente que, se julgar necessário, é submetido a outras sessões, que também podem ser feitas de forma preventiva. 

Quantas sessões são necessárias?

 É comum encontrar textos que falam em 3 sessões de microfisioterapia para tratar uma queixa.
Mas na prática clínica ocorre o seguinte: Se após segunda sessão o paciente não  percebe nenhuma mudança em seu sintoma, talvez seja o momento de tentar outra abordagem, modificar o tratamento, associar outras técnicas e até mesmo reavaliar, e eu explico porquê.
Não é por acaso que fiz outras formações. As vezes precisamos sim lançar mão de outras opções e tenho algumas a mais. 
Existem pacientes que com uma sessão já atingem o resultado obtido e não precisam mais sessões. Existem pacientes que melhoram por um tempo e depois o sintoma volta, e precisam fazer sessões regularmente para controlar o sintoma. Existem pacientes que melhoram muito pouco e precisam de outras abordagens e também aqueles que depois de mudar a estratégia passam a ter respostas melhores.
Então aprendi que não há receita e não posso determinar a quantidade de sessões pois não há como antecipar as estratégias do corpo há não ser pela tentativa assim como qualquer outro tratamento.

Quais reações podem acontecer após uma sessão?

É natural que para retornar ao equilíbrio, o corpo fique cansado, e recomendamos na medida do possível que após a sessão, o paciente descanse.
Além do cansaço, o paciente pode experimentar reações como diarréia, vômito, aumento da dor, alterações de humor, desequilíbrios emocionais. Estes são os sintomas mais comuns, mas cada pessoa pode reagir de uma forma, não é uma regra, e a reação quando houver, não deve ser vista como algo ruim, a ausência de reações não quer dizer que a terapia não funcionou.
Outra dica válida, é que é importante haver o mínimo de interferência de medicamentos (possível); e, ainda, quanto mais hidratado o paciente se manter nos primeiros dias após a sessão, mais auxilia a auto cura, portanto, beba líquidos.

Como a comunidade científica vê a Microfisioterapia?

A Microfisioterapia já foi testada com parâmetros aceitos pela medicina “oficial”. A primeira experiência foi feita em 1982, no departamento de gastroenterologia do Hospital Universitário de Bensançon (França). Foi uma experiência considerada do tipo A, que utilizou o chamado duplo-cego: 30 pacientes foram tratados com placebo e 30 com microfisioterapia. Todos sofriam de colopatias [doenças no cólon]. Dos que foram submetidos à microfisioterapia, 76% tiveram as atividades do intestino reabilitadas. Isso só aconteceu com 34% do grupo que recebeu placebo. Nesses anos todos, já fizemos mais de 42 experimentações validadas.
As pesquisas continuam, e os resultados positivos da técnica continuam sendo apresentados.
Para saber mais sobre as pesquisas em microfisioterapia, acesse o site internacional da técnica, onde estão disponibilizados alguns dos principais estudos (a maior parte do site ainda está em francês): http://www.microkinesitherapie.com/index.php?lang=fr 

Ainda com dúvidas? Mande sua mensagem.

 

Terapia Craniosacral (TCS): O que é?

Terapia Craniosacral (TCS): O que é?

terapia craniosacral
O conceito CranioSacral é baseado em observações anatômicas, fisiológicas e terapêuticas. É uma técnica sútil, suave e precisa, com seu próprio diagnóstico e tratamento, que a partir da integração do indivíduo busca reequilibrar o sistema craniossacral.
Provém dos Estados Unidos, e é um método suave, minimamente invasivo, para melhorar o funcionamento dos sistemas do corpo. Baseia-se na descoberta do sistema craniossacral que só recentemente foi reconhecido como uma unidade de funcionamento. Esse sistema tem relação com a produção, reabsorção e contenção do fluido cerebroespinhal.
Além disso, o sistema craniossacral está intimamente relacionado e também influencia e é influenciado pelos seguintes sistemas: sistema nervoso, sistema musculoesquelético, sistema vascular, sistema linfático, sistema imune, sistema endócrino (o sistema responsável pela produção de hormonios) e o sistema respiratório.
E o motivo do sistema craniossacral estar tão próximamente relacionado a tantos aspectos de nossa fisiologia tem a ver com duas coisas: o movimento especial caracteristico do sistema craniossacral e a comunicação desse movimento com a fáscia – as bainhas de tecido conjuntivo que cobrem todos os aspectos internos do corpo humano, seus órgãos e tecidos.
Devido ao seu efeito positivo sobre muitas funções corporais, a Terapia Craniossacral é praticada hoje em dia por uma grande variedade de profissionais de saúde no Brasil e no mundo.
terapia craniosacral
O conceito CranioSacral é baseado em observações anatômicas, fisiológicas e terapêuticas. É uma técnica sútil, suave e precisa, com seu próprio diagnóstico e tratamento, que a partir da integração do indivíduo busca reequilibrar o sistema craniossacral.
Provém dos Estados Unidos, e é um método suave, minimamente invasivo, para melhorar o funcionamento dos sistemas do corpo. Baseia-se na descoberta do sistema craniossacral que só recentemente foi reconhecido como uma unidade de funcionamento. Esse sistema tem relação com a produção, reabsorção e contenção do fluido cerebroespinhal.
Além disso, o sistema craniossacral está intimamente relacionado e também influencia e é influenciado pelos seguintes sistemas: sistema nervoso, sistema musculoesquelético, sistema vascular, sistema linfático, sistema imune, sistema endócrino (o sistema responsável pela produção de hormonios) e o sistema respiratório.
E o motivo do sistema craniossacral estar tão próximamente relacionado a tantos aspectos de nossa fisiologia tem a ver com duas coisas: o movimento especial caracteristico do sistema craniossacral e a comunicação desse movimento com a fáscia – as bainhas de tecido conjuntivo que cobrem todos os aspectos internos do corpo humano, seus órgãos e tecidos.
Devido ao seu efeito positivo sobre muitas funções corporais, a Terapia Craniossacral é praticada hoje em dia por uma grande variedade de profissionais de saúde no Brasil e no mundo.

Quais são os benefícios?

A Terapia CranioSacral, criada pelo Dr. John Upledger, ajuda a detectar e corrigir desequilíbrios no sistema craniossacral, que podem ser a causa de disfunções sensoriais, motoras e/ou neurológicas. A Terapia CranioSacral aumenta o funcionamento corporal, estimulando seus próprios mecanismos naturais de cura, e ajuda no alívio de dores e mal-estar. Ela proporciona uma melhor saúde global e resistência a doenças.

fonte: http://www.upledgerbrasil.com/ 

Liberação SomatoEmocional (SER) 

A Dra. Simone está apta a trabalhar com os processos de Liberação SomatoEmocional que são uma continuação do trabalho com a TCS. Veja abaixo a descrição do que se trata estes processos:
“A Liberação SomatoEmocional é um processo terapêutico que ajuda a liberar a mente e o corpo dos efeitos residuais de traumas passados associados às reações negativas. A Liberação SomatoEmocional é uma continuação e consequência do trabalho da Terapia CranioSacral.
Dr. John Upledger e o biofísico Dr. Zvi Karni descobriram que o corpo muitas vezes retém forças físicas que lhe foram impostas, ao invés de dissipá-las. Isso é o resultado de um acidente, dano, trauma físico ou emocional. Conforme o trauma, o corpo isola a área em disfunção, criando o que se denominou de “Cisto Energético”.
Embora um corpo razoavelmente saudável possa trabalhar e adaptar-se a um Cisto Energético, precisa-se de um gasto de energia extra para desenvolver as funções corporais normais. Com o passar dos anos, o padrão adaptativo do corpo vai perdendo sua eficácia: os sintomas e disfunções começam a aparecer, se tornando cada vez mais difíceis de ignorar ou suprimir.
Um Cisto Energético pode também encerrar uma emoção em seu interior. Não se pode negar que as emoções e sentimentos nos afetam, não só mentalmente, como fisicamente. Esses “Cistos Emocionais” também alteram o nosso corpo e chega um momento em que nossos mecanismos de adaptação e sobrevivência não podem continuar suportando o esforço adicional e os sintomas físicos e/ou emocionais se manifestam.
Usando a Liberação SomatoEmocional e uma série de recursos apropriados, o terapeuta ajuda o cliente a liberar essas emoções e recordações que estão provocando uma “doença”.
Os participantes dos cursos de Liberação SomatoEmocional aprendem como ajudar os seus pacientes/clientes na identificação física e liberação dos cistos energéticos através da re-vivência e resolução de incidentes desagradáveis.”

fonte: http://www.upledgerbrasil.com/upledgerbrasil_liberacaosomatoem.html

Qual é o intervalo entre as sessões?

 
O intervalo mínimo fora de um programa de tratamento intensivo é de 7 dias entre as sessões. Não há um número mínimo ou máximo de sessões, e o tratamento deve ser visto como um processo terapêutico onde cada sessão é única.

Como a comunidade científica vê a Terapia Craniossacral?

 
Abaixo segue o link do Instituto Upledger Brasil que contém os estudos relacionados à técnica. Acesse http://www.upledgerbrasil.com/artigos.html para ler mais.

Atendimentos à múltiplas mãos

A modalidade terapêutica da TCS permite que mais de um terapeuta trabalhe simultaneamente durante as sessões. Para receber esse tratamento, o paciente precisa ter realizado algumas sessões individuais previamente.
Faço atendimentos à múltiplas mãos com dois colegas fisioterapeutas também certificados na técnica em Cascavel e Foz do Iguaçu – PR.

John E. Upledger, DO, OMM

– Fundador do Upledger Institute Inc®
– Membro Certificado da American Academy of Osteopathy
– Membro Acadêmico da British Society of Osteopathy
– Doutor em Ciências da Medicina Alternativa 
– Autor dos livros:
  • CranioSacral Therapy;
  • CranioSacral Therapy II – Beyond The Dura;
  • SomatoEmotional Release and Beyond;
  • SER – Deciphering the Language of Life;
  • Your Inner Physician and You;
  • A Brain is Born;
  • CranioSacral Therapy – Touchstone for Natural Healing;
  • Cell Talk.
Dr. John E. Upledger foi o Fundador do Upledger Institute, Inc®, centro de saúde dedicado ao avanço de técnicas complementares, e reconhecido mundialmente por seus programas de educação continuada, pesquisas clínicas e serviços terapêuticos.
Em sua carreira como médico osteopata e cirurgião, o Dr.Upledger é reconhecido como um inovador e investigador de novas terapias. O desenvolvimento da Terapia CranioSacral, lhe distinguiu renome internacional. O Dr. Upledger é Especialista Certificado em Medicina de Manipulação Osteopática, Acadêmico da Sociedade Britânica de Osteopatia e Doutor em Ciências. Ele é membro da International Alliance of Healthcare Educators® (IAHE), uma coligação de instrutores dedicados ao avanço progressivo de modalidades terapêuticas.
Alguns dos seus livros já foram traduzidos para o Português: “Seu Médico Interno e Você” e  “Liberação SomatoEmocional – Decifrando a Linguagem da Vida” da Editora Mauad/Bapera-RJ. E recentemente foi lançado o livro “Terapia Craniossacral” pela Editora Roca/Grupo Gen, que é o primeiro livro técnico da série.
Dr. Upledger trabalhou como pesquisador clínico e Professor de Biomecânica na Michigan State University de 1975-1983. Durante esses anos, ele participou de uma equipe de anatomistas, fisiologistas, biofísicos e bio-engenheiros em pesquisas testando a existência e as funções do sistema craniossacral. Os resultados dessa pesquisa o levaram a um melhor entendimento da importância desse sistema, e ao seu uso na avaliação  e tratamento de disfunções do cérebro e da medula espinhal, assim como no alívio de dores e disfunções em geral. Dr. Upledger desenvolveu apartir desses estudos, a Terapia CranioSacral e outras modalidades complementares, que hoje são propagados no mundo inteiro pelos programas educacionais do Upledger Institute. Além dos muitos livros que escreveu, Dr. Upledger é também o autor de todas as apostilas dos cursos e de mais de dezenas de artigos científicos.
Ele se aposentou da clínica e da ministração de cursos em 2009.
Ele faleceu em Outubro 2012, deixando um imenso legado, tanto escrito quanto prático.

fonte: http://www.upledgerbrasil.com/upledgerbrasil_drjohn.html

Ainda com dúvidas? Mande sua mensagem.

 

Leitura Biológica: O que é?

Leitura Biológica: O que é?

leitura 1
leitura 1
A leitura biológica traz uma nova visão sobre as doenças, por meio da observação dos sinais e sintomas do paciente. É baseada nas pesquisas do Dr. Ryke Geerd Hamer, médico alemão criador da Nova Medicina Germânica.
Com esses estudos, busca-se compreender a relação entre as emoções e as patologias, assumindo que um sintoma/doença possa ser a solução encontrada pelo organismo para se adaptar a um grande estresse.
Claro que sabemos relacionar situações da vida diária com respostas no corpo. Muitas pessoas chegaram a concluir a relação mente e corpo, como a chamada psicossomática.
Dr. Hamer dedicou sua vida à entender isso, e através de tomografia cerebral, comprovou a ligação da psique com o cérebro e os órgãos. Isso faz parte de uma tríade inseparável e sincrônica. Ou seja, quando há alterações na parte psíquica, haverão alterações no cérebro e também nos órgãos.
E se todo sintoma começa a partir de um momento de hipertestresse e passado algum tempo, semanas, meses, anos e até décadas, esses acontecimentos estressantes ainda podem estar gerando sintomas, mesmo que a lembrança do fato não seja permanente, pois nosso corpo nos priva de ficar lembrando a todo momento de situações desagradáveis.
A Leitura biológica nos traz uma grande oportunidade de compreender como as vivências de um indivíduo são raízes de suas queixas.
A leitura biológica traz uma nova visão sobre as doenças, por meio da observação dos sinais e sintomas do paciente. É baseada nas pesquisas do Dr. Ryke Geerd Hamer, médico alemão criador da Nova Medicina Germânica.
Com esses estudos, busca-se compreender a relação entre as emoções e as patologias, assumindo que um sintoma/doença possa ser a solução encontrada pelo organismo para se adaptar a um grande estresse.
Claro que sabemos relacionar situações da vida diária com respostas no corpo. Muitas pessoas chegaram a concluir a relação mente e corpo, como a chamada psicossomática.
Dr. Hamer dedicou sua vida à entender isso, e através de tomografia cerebral, comprovou a ligação da psique com o cérebro e os órgãos. Isso faz parte de uma tríade inseparável e sincrônica. Ou seja, quando há alterações na parte psíquica, haverão alterações no cérebro e também nos órgãos.
E se todo sintoma começa a partir de um momento de hipertestresse e passado algum tempo, semanas, meses, anos e até décadas, esses acontecimentos estressantes ainda podem estar gerando sintomas, mesmo que a lembrança do fato não seja permanente, pois nosso corpo nos priva de ficar lembrando a todo momento de situações desagradáveis.
A Leitura biológica nos traz uma grande oportunidade de compreender como as vivências de um indivíduo são raízes de suas queixas.

Artigos que escrevi relacionados à Nova Medicina Germânica:

Como é o atendimento?

A sessão é realizada concomitante aos estímulos da Microfisioterapia. A base teórica da Leitura Biológica sempre está presente em meus atendimentos, e sempre trabalho com as informações relevantes do ponto de vista da Nova Medicina com meus pacientes quando as informações cabem no processo terapêutico.

Ainda com dúvidas? Mande sua mensagem.

 

Mahatma Gandhi “Os homens muitas vezes se tornam aquilo que acreditam que são.”

PSYCH-K®: O que é?

PSYCH-K®: O que é?

psych-k
Transformando crenças limitantes
Geralmente, são os comportamentos derrotistas que queremos mudar. Frequentemente, a forma mais efetiva de mudar um comportamento é mudar a(s) crença(s) subconsciente(s) que o(s) apoia(m).
Com base em anos de pesquisa em cérebro bipartido, também conhecida como ‘Teoria da Dominância Cerebral”, o PSYCH-K® fornece uma variedade de formas para rapidamente identificar e transformar crenças que o “limitam” em crenças o “apoiam”, em qualquer área da sua vida.
Assista  abaixo vídeos de Robert M. Williams, M.A.; criador do PSYCH-K® e Bruce H. Lipton, Ph.D; o biólogo americano que escreveu o Best Seller “A Biologia da Crença”
psych-k
Transformando crenças limitantes
Geralmente, são os comportamentos derrotistas que queremos mudar. Frequentemente, a forma mais efetiva de mudar um comportamento é mudar a(s) crença(s) subconsciente(s) que o(s) apoia(m).
Com base em anos de pesquisa em cérebro bipartido, também conhecida como ‘Teoria da Dominância Cerebral”, o PSYCH-K® fornece uma variedade de formas para rapidamente identificar e transformar crenças que o “limitam” em crenças o “apoiam”, em qualquer área da sua vida.
Assista  abaixo vídeos de Robert M. Williams, M.A.; criador do PSYCH-K® e Bruce H. Lipton, Ph.D; o biólogo americano que escreveu o Best Seller “A Biologia da Crença”

Porque o PSYCH-K® funciona?

A Psicologia da Mudança - Por Rob Williams

A Biologia da Crença - Por Bruce Lipton

O “X” da questão

Você cria sua própria realidade.
Sua realidade é criada por suas “crenças”. Essas crenças, geralmente subconscientes, são frequentemente resultado de programações que ocorreram ao longo da vida e representam uma poderosa influência no comportamento humano. É através das crenças que formamos a percepção do mundo e de nós mesmos, e a partir dessas percepções nós desenvolvemos comportamentos. 
NOSSAS CRENÇAS SÃO A BASE DA NOSSA PERSONALIDADE.
Elas nos definem Elas nos definem como dignos ou indignos, competentes ou incompetentes, autoconfiantes ou dependentes,  flexíveis ou julgadores, pertencedores ou excluídos… etc.
Exercem consequências (positivas ou negativas) de longo alcance em nossas vidas.
As crenças afetam seu humor, relacionamentos, desempenho profissional, autoestima, saúde física, e até mesmo o aspecto religioso e espiritual.
Se você têm crenças que te apoiam, como “Eu estou seguro”, “Eu sou competente”, “Eu posso realizar o que eu quiser”; então você pode passar bem por processos desafiadores e manter o foco.
Mas se tiver crenças limitantes como “Não importa o que eu faça, nunca é bom o suficiente”, “Minhas decisões geralmente são erradas”, “Eu sempre espero que o pior aconteça”… então você seguirá hesitante, temendo erros, críticas e o fracasso. 

Você reconhece alguma dessas “CRENÇAS LIMITANTES” comuns? 

“Não importa o que eu faça ou o quanto eu me esforce, nunca é bom o suficiente”

“As decisões que eu tomo geralmente acabam mal”

“Se as pessoas soubessem quem eu realmente sou, elas não gostariam de mim”

“Eu não deveria tentar nada novo ou arriscado, porque provavelmente não vai dar certo”

“Minha opinião não importa muito”

“O que eu faço não é realmente importante”

Piloto Automático

Estamos literalmente em piloto automático. Estudos em neurociência já demostraram que a limitada capacidade de processamento da nossa MENTE CONSCIENTE é de 40 bits de informação por segundo, comparado à uma média de 40 milhões de bits de informação por segundo que nossa ILIMITADA MENTE SUBCONSCIENTE processa e armazena. Isso corresponde à 95% no controle do nosso subconsciente, e apenas 5% de consciência que temos para exercer nosso livre arbítrio.

1. Como PSYCH-K® funciona?

O PSYCH-K® cria um estado mental receptivo que reduz drasticamente a resistência à mudança no subconsciente. A mente subconsciente pode ser acessada de forma semelhante a um computador pessoal. PSYCH-K® funciona como uma espécie de “teclado mental” – um método amigável de se comunicar com a mente subconsciente, que é simples, direto e verificável.

2. O que é um Equilíbrio PSYCH-K®?

Um Equilíbrio PSYCH-K® é um processo destinado a criar uma comunicação equilibrada com os dois hemisférios do córtex cerebral. Esse estado de “cérebro integral”  é ideal para a reprogramação da mente subconsciente com novas crenças de autoaprimoramento que apoiam seus objetivos na vida. 

3. Como o PSYCH-K® pode me ajudar?

Suas crenças subconscientes estabelecem os limites do que você pode conseguir. Se sua vida parece um carro que está sendo conduzido com um pé no acelerador e um pé no freio, há chances de que você esteja num conflito entre seus objetivos conscientes e suas crenças subconscientes.
Este tipo de conflito pode aparecer em seus relacionamentos, desempenho no trabalho, autoestima, prosperidade e até mesmo em sua saúde física. Se você estiver enfrentando desafios em qualquer uma dessas áreas, o PSYCH-K® pode ajudá-lo no processo de autotransformação, proporcionando um alinhamento entre suas crenças e as experiências que deseja na vida. 

Como são as consultas?

Nas consultas iremos verificar o problema que esta causando sofrimento e que crenças estão colaborando para que esse problema esteja ocorrendo com o cliente. A partir daí iremos fortalecer crenças positivas no subconsciente do cliente afim de neutralizar a causa do problema através do Equilibrio dos Hemisférios Cerebrais usando o Método PSYCH-K®. Após o equilibrio o cliente sentirá uma sensação de alivio e paz interior. O fortalecimento das crenças positivas proporcionará ao cliente uma capacidade de atingir Alta Performance de resultados em diversas as areas de sua vida.

Dúvidas gerais sobre as sessões

 Alguns equilíbrios podem ser realizados combinados com outras técnicas durante uma mesma sessão quando for aplicável à critério do terapeuta. As sessões também podem ser integralmente feitas com o método e duram 1h30 aproximadamente.
O intervalo mínimo é de 14 dias entre as sessões. Não há um número mínimo ou máximo de sessões, e o tratamento deve ser visto como um processo terapêutico onde cada sessão é única e pode ter um tema central diferente a ser trabalhado.

Ainda com dúvidas? Mande sua mensagem.

 

Terapia com florais de Bach: O que é?

Terapia com florais de Bach: O que é?

florais de bach
florais de bach
As essências Florais de Bach são extratos líquidos naturais e altamente diluídos, que se destinam ao equilíbrio dos problemas emocionais, operando em níveis vibratórios sutis e harmonizando a pessoa no meio em vive.
Eu utilizo os florais como um apoio no processo terapêutico associado às outras técnicas de base.
O objetivo da terapia floral é o equilíbrio das emoções do paciente buscando a consciência plena do seu mundo interior e exterior. Problemas de saúde freqüentemente têm suas origens nas emoções; sentimentos que foram persistentemente reprimidos irão emergir, primeiro, como conflitos mentais e, depois, como doença física.
Com os florais poderemos tratar de estresse, depressão, pânico, desespero, sentimentos de culpa, cansaço físico ou mental, solidão, tristeza, indecisão, sensibilidade excessiva, ciúmes, ódio, mágoas, todos os tipos de medos, ansiedades e preocupações etc.
Também podemos administrar os florais para animais e plantas, com resultados animadores e, muitas vezes, surpreendentes.
As essências Florais de Bach são extratos líquidos naturais e altamente diluídos, que se destinam ao equilíbrio dos problemas emocionais, operando em níveis vibratórios sutis e harmonizando a pessoa no meio em vive.
Eu utilizo os florais como um apoio no processo terapêutico associado às outras técnicas de base.
O objetivo da terapia floral é o equilíbrio das emoções do paciente buscando a consciência plena do seu mundo interior e exterior. Problemas de saúde freqüentemente têm suas origens nas emoções; sentimentos que foram persistentemente reprimidos irão emergir, primeiro, como conflitos mentais e, depois, como doença física.
Com os florais poderemos tratar de estresse, depressão, pânico, desespero, sentimentos de culpa, cansaço físico ou mental, solidão, tristeza, indecisão, sensibilidade excessiva, ciúmes, ódio, mágoas, todos os tipos de medos, ansiedades e preocupações etc.
Também podemos administrar os florais para animais e plantas, com resultados animadores e, muitas vezes, surpreendentes.

Ainda com dúvidas? Mande sua mensagem.

 

Faça algo por você hoje. Entre em contato.